sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Verão, ventilador e crianças

Nessa onda de calor, o ventilador faz mal para nossas crianças?

O princípio do ventilador é colocar o ar em movimento, criando uma corrente que refresca o ambiente. Mas imagine o que acontece quando se liga o aparelho em uma sala cheia de poeira, com mofos nas paredes e sem incidência de sol. Exato: todas as partículas alergênicas da sujeira, fungos e bactérias ficam circulando no ambiente, o que pode ser seriamente prejudicial a crianças alérgicas.

Por isso, é imprescindível manter o ambiente sempre limpo. Além disso, o ventilador também precisa ser higienizado, prestando atenção especial às hélices, onde a poeira se deposita. Principalmente no caso dos ventiladores de teto, em que elas ficam fora do campo de visão, é preciso ficar atento.

Lembre-se também de nunca deixar que a corrente de ar incida diretamente na criança, o que pode aumentar o ressecamento das mucosas. Ventiladores de teto devem sempre ser utilizados no modo exaustor, no qual o ar é direcionado para cima, e ventiladores móveis têm de estar posicionados de frente para a parede: assim, o ar bate e volta, e não fica direto no seu filho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário